ARQUIVO 

Black History 

From Now On 

Media Awareness Network 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 

 
  
 
Biblioteca do Congresso Americano reúne excelentes projetos educacionais
   
         A discussão sobre o ensino de história tem se aproximado da preocupação em compartilhar com os estudantes a construção do olhar crítico diante das fontes de informações. A idéia de um conhecimento definitivo, transferido de professor para alunos, de livros para leitores, vem ficando para trás. Em seu lugar, surgem as iniciativas de construir conjuntamente uma compreensão de história que busque a análise de um problema. Para isso, recuperam-se fontes documentais que possam auxiliar a compreendê-lo, e exercita-se a interpretação destas fontes. 
  
        Os educadores que acreditam que esta linha de trabalho faz sentido, encontrarão no Learning Page, do site da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos muitos elementos para auxiliá-los a estruturar os seus projetos. As propostas presentes na página têm por objetivo utilizar a vastidão de documentos reunidos na Biblioteca e disponibilizá-los digitalmente. Mas trata-se de mais que isso: para além de oferecer a documentação, o que temos são sugestões coerentes e bem estruturadas de projetos de estudo e reflexão teórica. As aulas sugeridas não se preocupam somente em "ensinar" um tema, mas em discutir a natureza documental envolvida neste estudo, o processo de registro destas fontes, e, por fim, a mediação entre esta leitura do passado e sua significação no presente. 

  Alguns exemplos destas atividades: 

Historian's Sources (As Fontes do Historiador): esta atividade sugere uma reflexão sobre o que são Fontes Primárias, sua diversidade, como analisá-las, e propõe alguns exercícios e uma discussão de fechamento. É evidente que as próprias fontes (textos, imagens, sons) estão à disposição no site, para uso de professores e alunos. 

"Using Primary Sources in the Classroom" (Utilizando Fontes Primárias na Sala de Aula): esta página traz considerações sobre o uso de objetos, imagens, audio, estatísticas e documentação comunitária para a elaboração de projetos de estudo. Cada uma das categorias, apresentando opções variadas de acordo com a natureza da fonte, é brevemente analisada. 

"Lesson Framework" (Estrutura de Aula): a partir de sugestões elaboradas por um Fórum de educadores em 1995, esta seção enumera alguns cuidados para a seleção das fontes, considerando sua extensão, grau de dificuldade de compreensão, variedade dos pontos-de-vista sobre o tema, facilidade dos alunos em obter o material, etc. Há também considerações sobre como organizar as atividades, seja em termos de adequação ao tempo disponível ou de encadeamento das atividades para uma unidade de estudo. Dicas sobre como propor o contato com as fontes de uma maneira instigante para aos alunos também podem ser encontradas aqui. 
 Além da discussão sobre as fontes e métodos da escrita da história, a pagina agrupa unidades temáticas já desenvolvidas. Há projetos sobre Afro-Americanos, a Guerra de Secessão, a Grande Depressão, o Surgimento da América Moderna (EUA), entre outros.  

Destaco o Using Oral History to Explore the Lives of Everyday Americans (Usando a História Oral para Conhecer a Vida Cotidiana Norte-Americana), um projeto que usa imagens da época da Grande Depressão (pós quebra da Bolsa de Nova York em 1929) e entrevistas feitas na época.  

Apesar da barreira do conteúdo em inglês e dos temas por vezes distantes de nossas opções curriculares, o Learning Page vale uma longa navegação, pois auxilia qualquer educador a pensar sua própria atuação e a inspirar-se para construir sua próprias unidades de trabalho. Acredito que em breve poderemos com valorosas iniciativas como esta também nas Bibliotecas e centros de pesquisa do Brasil. 

 
 

Quer conhecer outros projetos?
Visite a nossa página de Links!
 
  
 
Copyright © Webhistoria
 10 de agosto de 1999